O Poder Transformador da Empatia nas Relações Humanas

Ao tentar nos colocar no lugar do outro no trabalho, temos muito a ganhar expandindo nossa capacidade de compreensão. Em suma, a capacidade de se identificar com outra pessoa a fim de compreender o que ela pensa e sente, trata-se de compreensão emocional.

“É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã”

(Renato Russo)

A empatia envolve três componentes: o afetivo, cognitivo e os reguladores de emoções. Todavia, a sociedade tem dificuldades de desenvolver cada um deles, o que acarreta o individualismo, a exclusão social e os vícios.

Os benefícios não são sentidos apenas por quem convive com uma pessoa empática. Na verdade, essa habilidade torna melhor a vida de quem se dispõe a cultivá-la em suas relações, impactando positivamente o seu bem-estar. Por exemplo, na família, torna-se mais leve. Graças à tolerância para lidar com as diferentes personalidades, as pessoas empáticas desfrutam de paciência e apoio no relacionamento familiar. Nos estudos ou ambiente profissional, por saber compreender os diferentes pontos de vista, quem tem empatia consegue expor melhor suas idéias sem invalidar a contribuição de cada colega, alcançando êxito no trabalho em equipe .

“Nenhum homem é uma ilha, isolado em si mesmo; todos são parte do continente, uma parte de um todo”.

(John Donne)

Durante muito tempo pensou-se que a empatia fosse exclusivamente humana. Hoje, sabemos que diversas espécies de animais são capazes de sentir empatia e coordenar impulsos levando em consideração o outro. Assim, nossa capacidade de sentir empatia  está ligada à herança genética, que é uma consequência evolucionista. Segundo o filósofo e autor Roman Krznaric, no livro “O poder da Empatia – A arte de se colocar  no lugar do outro para transformar o mundo”, a empatia é o antídoto para o individualismo absorto em si mesmo, que herdamos do século passado. A necessidade de desenvolver empatia está no cerne do esforço de encontrarmos soluções para problemas mundiais, como violência étnica, intolerância religiosa, pobreza extrema, fome, abusos dos direitos humanos e aquecimento global. O autor denomina esta capacidade como espécie de pílula da paz. Precisamos reconhecer a empatia como uma força capaz de promover mudanças nos diversos meios onde atuamos. Podemos fazer esse exercício diariamente, em nossas famílias e em nosso ambiente de trabalho, melhorando nossas relações interpessoais. Tal sentimento é uma via de mão dupla: beneficia também o emissor. A empatia é, sem dúvida, uma das habilidades mais importantes para que se tenha uma boa vida social,interferindo diretamente tanto no sucesso pessoal como no profissional. Ao entender melhor as emoções e as necessidades de cada um, temos menos dificuldades para lidar com eventuais conflitos pessoais em qualquer ambiente ou situação. Fazer um esforço consciente para se colocar no lugar de outra pessoa, inclusive, no lugar dos nossos inimigos para rasgar rótulos, reconhecer sua humanidade, individualidade e perspectivas: eis um dos grandes diferenciais daqueles que se esforçam para se destacarem em liderança. Não é fácil praticar a empatia, especialmente em meio a uma vida agitada e cheia de pressões. Mas, com persistência, é possível realizar pequenas mudanças e, aos poucos, perceber as melhorias no relacionamento em família, no trabalho ou entre amigos.

The following two tabs change content below.

Lucimara Pereira

Coach pela Sociedade Internacional do Mindset, com Especialização em Lei da Atração, Mindset, Emagrecimento Definitivo e PNL Aplicada ao Coaching (Com Introdução a Hipnose).

Latest posts by Lucimara Pereira (see all)

Post Author: Lucimara Pereira

Coach pela Sociedade Internacional do Mindset, com Especialização em Lei da Atração, Mindset, Emagrecimento Definitivo e PNL Aplicada ao Coaching (Com Introdução a Hipnose).

6 thoughts on “O Poder Transformador da Empatia nas Relações Humanas

    Janete da Silva Corrêa

    (10 de janeiro de 2021 - 8:23 pm)

    Adorei artigo. Acredito que é o que mais falta no ambiente de trabalho e nas relações num todo. Parabéns.

    Meire

    (8 de janeiro de 2021 - 3:59 pm)

    Parabéns seu artigo ficou maravilhoso, precisamos muito nos colocarmos no lugar do outro.

    ALICE CRISPIM DA SILVA

    (8 de janeiro de 2021 - 2:04 pm)

    Lucimara, amei ler seu artigo, muito bom, parabéns.

    Anônimo

    (8 de janeiro de 2021 - 1:12 pm)

    Muito bom seu artigo Lucimara sem dúvida nenhuma desenvolver empatia trás muitos benefícios para o meio em que convivemos e para a sociedade de um modo geral.

    Luiz Sá

    (8 de janeiro de 2021 - 11:50 am)

    Parabéns Lucimara.
    A empatia acima de tudo é entender o que o outro sente com seus olhos e quando possível ajudá-lo em sua necessidade, até mesmo com pequenos atos ou palavras.

    Rose Mary Sá

    (8 de janeiro de 2021 - 10:55 am)

    Parabéns pelo artigo. A empatia é essencial para o desenvolvimento das relações humanas.

Deixe uma resposta