Fisiognomia e leitura das expressões corporais – PARTE 2

…”Seu cérebro sempre vai mostrar em seu corpo a verdade”, palavras de SANDRA REGINA DA LUZ INACIO, neuro-engenheira e professora da FGV-RJ, especialista em leitura da linguagem corporal e fisiognomia.

Segundo Sandra, “…com base em estudos científicos, nosso cérebro sempre vai falar a verdade. Ele sempre vai mostrar um traço de nossa personalidade em seu corpo.

Em continuação ao artigo anterior, onde tratamos especificamente sobre mãos, os tipos de apertos de mãos.    Vamos falar um pouco mais sobre a análise das mãos.

Ao tentar vender um produto ou serviço a alguém pessoalmente, verifique a postura dela. Com certeza, o cérebro dela, estará enviando sinais para você.

Se você estiver sentado em uma mesa, por exemplo, e nela tiver alguns objetos, e se esta pessoa começar a trazer estes objetos à frente, ela está dizendo o seguinte: mantenha longe, não estou interessada. Mas se ela movimentar estes objetos de lado, ou para trás, ela quer dizer que, está aberta a saber mais, tem interesse. Bom sinal!

Outro exemplo, se está mostrando um o produto a alguém, e após o início da apresentação, ela colocar uma das mãos no quadril, ela quer dizer a você que: ela é ansiosa, tem pouco tempo e quer que você vá direto ao ponto. Às vezes, também pode ser um sinal de desafio, antagonismo, tipo: “fale-me mais” …

Tem também aquelas pessoas que te ouvem falar, com as mãos no bolso. Elas são mais reservadas, tímidas, inseguras e buscam o equilíbrio neste gesto. Com essas, deve-se ter um cuidado maior ao apresentar o produto, tentar chamar a atenção de uma forma mais eficaz.

Quando você anda pelas ruas ou vai ao shopping e costuma ver casais de mãos dadas. Por curiosidade, comece a observar os padrões que você encontra.

Se você encontrar casais com as mãos entrelaçadas, é sinal de que a relação é equilibrada, as decisões são compartilhadas.

Se você encontrar casais onde a palma de um deles está para trás, essa pessoa é quem decide as coisas, é a que carrega a relação. Vulgo “manda em casa”.

Existem pessoas que gostam e costumam apontar os fatos com os dedos. Aquelas que costumam começar pelo dedo indicador, elas costumam separar os fatos na mente ao apresentá-los. São geralmente pessoas lógicas e sensatas.

Aquelas que costumam começar a contar os fatos a partir do polegar, indica que se trata de uma apresentação forçada, ela não quer ouvir a sua opinião. Geralmente vem com: “na minha humilde opinião”…, tenha certeza, que de humilde, não tem nada. Se trata de uma pessoa extremamente autoritária. Que não aceita discussões.

Aquelas que costumam começar a partir do dedo mínimo, tem um jeito suave de transmitir suas ideias. Ela quer falar, expor a opinião dela e quer saber da sua também. Ela gosta desta troca.

E mais um detalhe, se esta pessoa, ao contar nos dedos, mantendo-os esticados, quer dizer que, ela tem planos bem claros e sabe onde quer chegar com eles.

Você sabia que a distância de 50cm, é a medida da zona íntima de uma pessoa.  Esta é exatamente a distância que seu cérebro entende que está segura perante a alguém que você não conhece. Claro, não estou falando em um momento de paquera. Neste contexto se o interesse existir, esta distância é totalmente invalidada.

Existem alguns sinais de que as pessoas estão paquerando. No caso de homens, se encontraram alguém do seu interesse no ambiente, ele se prepara assim: estufa o peito, arruma a gola da camisa. Se estiver de gravata, ajusta a gravata. Tocam o lóbulo da orelha. Arrumam o cinto. Se usam calças apertadas, costumam usar os dois dedos nos bolsos, pois ele quer mostrar que é viril.

Já as mulheres paquerando, mostram a orelha. Costumam mexer na nuca, nos cabelos. Brincam com um colar ou um brinco. As vezes balança o quadril e o tórax. Fica cruzando e descruzando as pernas vagarosamente, sem necessidade aparente. Mostram a palma da mão e o pulso, (algumas pesquisas apontam que são zonas erógenas) e quando estão em pé, costuma ficar com as pernas um pouco mais separadas. E você já percebeu alguns destes movimentos em você quando está paquerando?

The following two tabs change content below.

Rosângela Siqueira

Coach certificada pela Sociedade Internacional do Mindset, Especialista em Emagrecimento Definitivo e Programação Neurolinguística (PNL) aplicada ao Coaching,Formada em Comunicação Social, Administração de Empresas e pós graduada em áreas financeiras, onde trabalhou por mais de 30 anos. Dedicada aos estudos de Mecânica Quântica, Metafísica, Lei da atração, Autoconhecimento e Espiritualidade desde 2017.

Latest posts by Rosângela Siqueira (see all)

Post Author: Rosângela Siqueira

Coach certificada pela Sociedade Internacional do Mindset, Especialista em Emagrecimento Definitivo e Programação Neurolinguística (PNL) aplicada ao Coaching,Formada em Comunicação Social, Administração de Empresas e pós graduada em áreas financeiras, onde trabalhou por mais de 30 anos. Dedicada aos estudos de Mecânica Quântica, Metafísica, Lei da atração, Autoconhecimento e Espiritualidade desde 2017.

Deixe uma resposta