A construção de uma rotina como facilitadora dos processos de aprendizagem e desenvolvimento da criança

Você já pensou na rotina como facilitadora de aprendizagem?

A rotina dá segurança e alimenta a autoconfiança, aumentando assim a confiança, o que possibilita a autonomia, que incentiva a iniciativa – Interessante, não?!

A rotina em si não tem um fim, mas é um excelente recurso e uma estratégia que permite vários resultados positivos no crescimento e desenvolvimento da criança, a partir do momento que você sabe o porquê de fazer o que faz.

O primeiro elemento: autoconfiança

Uma rotina possibilita que você aprenda e instale hábitos saudáveis, além de fortalecer os já existentes. Através de um trabalho constante e consciente, a autoconfiança é fortalecida.

Quando você, como mãe e especialista da sua casa e dos seus filhos(as), apodera-se de uma rotina consciente, sua autoconfiança cresce e isso permite que você possa “sair da rotina sem sair da rotina”.

Exemplo: como você sai da rotina de fazer almoço, sem sair da rotina de alimentar sua família?

Você pode sair da rotina planejando chamar seu filho para cozinhar com você, ou fazer um dia de alimentação diferente. Faz sentido? Você ficou na rotina do almoço, mas saiu do automático, planejou, pensou diferente…. Mudou uma rotina fixa por uma de relacionamento, de prazer e de memórias que ficarão pra sempre.

O segundo elemento: confiança

Exercemos de forma inconsciente diariamente muitas vezes ao dia, o confiar. E a rotina facilita esse aspecto do desenvolvimento.

Exemplos de confiança

  • Coisas – ao apertar o interruptor você confia que haverá luz.
  • Situações – ao passar o sinal verde, você confia que ninguém vai te atropelar.
  • Nas pessoas – quando você valida seu círculo de confiança.
  • Nas regras e leis – quando recebe o produto pelo qual pagou.
  • Em algo superior – Deus, sobrenatural, universo, ou o que fizer sentido para você. Na minha experiência como mãe, ensinar e mostrar minha fé em Deus e nas coisas que acredito mostra que eu, como mãe, não sou infalível e que também recorro a algo superior a mim – seu filho(a) pode precisar desse conforto.
  • O que as pessoas dizem sobre mim, para mim, fala muito sobre o que eu represento para elas.
  • Eu sou uma pessoa de confiança?
  • Confiar nos depoimentos positivos das pessoas a seu respeito fortalece sua confiança nos agentes externos.

O terceiro e quarto elemento: autonomia e iniciativa

Criar uma rotina não é sinônimo de coisa chata, sem graça e/ou ruim, principalmente se você convidar a criança para participar da construção dela. O pouco que ela participa já vai ser significativo, pois ela vai perceber que suas vontades e seus interesses são importantes.

Com as crianças maiores é possível incluir as tarefas, os estudos e os momentos de lazer ou folga.

Organizar uma rotina para os pequenos requer a coordenação entre o cuidar, educar e brincar, que também é um excelente mecanismo de aprendizado.

Quando você inclui a criança na construção dessa rotina, você permite que ela desenvolva a autonomia e a iniciativa.

Você pode incluir diferentes rotinas dentro da rotina, situações de formação de hábitos, situações que vão facilitar e aumentar o relacionamento de vocês na comunicação, situações de diferentes aprendizagens e todas as situações que você, como mãe e especialista da sua família, precisar incluir.

Ao criar uma rotina doméstica, não esqueça que cada criança tem suas particularidades e necessidades. Não lote a rotina, deixe espaço para imprevistos.

Tudo que envolve as crianças requer tempo e paciência.

Construir uma rotina engloba todas as atividades, incluindo alimentar e dormir.

Ao seguir uma rotina você fornece elementos para que as crianças construam modelos e programações mentais que serão aprimoradas e integradas a outras vivências.  A cada construção ela vai adquirindo hábitos e fortalecendo os que já existem. Esses são elementos importantes para um crescimento saudável.Outro aspecto importante da rotina é a possibilidade de sobrar tempo para você ser mãe sem deixar de ser mulher.

The following two tabs change content below.

Ester Franco

Ester Franco, é Master Coach, com Especialização em Emagrecimento Definitivo e PNL (Programação Neurolinguística), certificada pela Sociedade Internacional do Mindset (SIM). É Educadora e Pós Graduada em Ética, Valores e Saúde pela USP. Certificada pelo IBC (Instituto Brasileiro de Coaching) nos cursos de Inteligência Emocional, Desperte seu Poder e Mentalidade de Alta Performance. É membro da Academia Superando Seus Limites (SSL). É idealizadora dos Projetos “Construindo Mães de Sucesso” , e “Eu Pesquisador de Mim”. Dedicados a transformação humana. Ama a vida e é grata a Deus por tudo.

Post Author: Ester Franco

Ester Franco, é Master Coach, com Especialização em Emagrecimento Definitivo e PNL (Programação Neurolinguística), certificada pela Sociedade Internacional do Mindset (SIM). É Educadora e Pós Graduada em Ética, Valores e Saúde pela USP. Certificada pelo IBC (Instituto Brasileiro de Coaching) nos cursos de Inteligência Emocional, Desperte seu Poder e Mentalidade de Alta Performance. É membro da Academia Superando Seus Limites (SSL). É idealizadora dos Projetos “Construindo Mães de Sucesso” , e “Eu Pesquisador de Mim”. Dedicados a transformação humana. Ama a vida e é grata a Deus por tudo.

5 thoughts on “A construção de uma rotina como facilitadora dos processos de aprendizagem e desenvolvimento da criança

    Kellen Melo

    (3 de janeiro de 2021 - 7:08 pm)

    Eu ainda não sou mãe mas esse tema é importantíssimo para o desenvolvimento da criança e pretendo colocar em prática quando eu tiver meus filhos.

    Dra. Luana Monteiro

    (29 de dezembro de 2020 - 11:41 am)

    Muito bacana. Com ctz desde cedo devemos aprender a ter rotina e rotina saudável, muito importante pro aprendizado da criança. E a parte da mãe não deixar dr ser mulher importantíssimo também. Sem organização vc acaba achando que não tem tempo. Só que tempo é uma apenas questão de prioridade e planejamento.

    Anônimo

    (28 de dezembro de 2020 - 4:48 pm)

    Parabéns pelo artigo, está cada vez mais desafiador educar as crianças para que sejam adultos confiantes e felizes, seu artigo com certeza será de grande ajuda!

    Luiz Sá

    (28 de dezembro de 2020 - 1:04 pm)

    Parabéns Ester.
    Muito bom o artigo.
    É muito melhor exercitar com as crianças uma rotina positiva, facilita a aprendizagem e fortalece hábitos que desenvolverão a autoconfiança.

    Rose Mary Sá

    (28 de dezembro de 2020 - 11:54 am)

    Amei o artigo! Essas estratégias são essenciais para a autoconfiança das crianças. Gratidão por compartilhar e será muito relevante para as pessoas.

Deixe uma resposta