DESCUBRA OS 7 TIPOS DE SABOTADORES DA ATIVIDADE FÍSICA

Sabemos, comprovadamente, que se exercitar traz benefícios para a saúde. Provavelmente seu médico ou alguém (que deseja o seu bem!) já lhe disse isso em algum momento da sua vida. Principalmente, se estiver com uns quilinhos a mais. Mas, o que acontece com o seu cérebro que te impede de começar a se exercitar? Por que a preguiça toma conta? Depois que você se convenceu por terceiros, muitas vezes por livre e espontânea pressão, por que sempre acontece algo no dia e na hora do exercício físico que justifica mudar todos os seus planos?

São inúmeras razões que o seu cérebro conta para você, não é verdade? Eu entendo! Contudo, até que seu cérebro entenda que o exercício físico faz parte da sua rotina diária, é necessário tomar consciência dos sabotadores que criam justificativas a todo instante para você ficar paradinho. Ao longo de 20 anos atendendo pessoas com a mesma queixa, listei alguns COMPORTAMENTOS autodestrutivos ou SABOTADORES relacionados à prática da atividade física. Descubra os 7 tipos de sabotadores da atividade física, aqui:

  1. DERROTISTA – começa um programa de exercícios físicos e, em curto prazo, julga não ter alcançado os resultados esperados, já tentou várias vezes, mas desanima logo. Pode não acreditar no seu potencial, por isso, nem se arrisca a começar nada. Prefere se vitimizar perante as circunstâncias ou frustrações anteriores.
  2. DESANIMADO – considera os exercícios físicos extenuantes e que vão causar dor ou sofrimento. É comum em pessoas que já sofreram algum evento traumático de dor tardia pós exercício ou que acreditam no conceito antiquado de “no pain, no gain”, para ter resultados expressivos.
  3. DESCONFIADO – cria objeções quanto a efetividade dos programas de exercício físico. Não acredita ser capaz de realizar uma tarefa, mesmo a mais simples, ou, se for prescrito algo diferente do que já ouviu falar, desconfia da competência em gerar resultados. Desconfia ou duvida se realmente o exercício físico pode ser tão importante assim para a melhora da saúde.
  4. DETALHISTA – acredita na teoria, mas na prática se preocupa tanto com os detalhes que acaba se desestimulando em realizar uma simples caminhada. Quer atenção o tempo todo porque acha que pode se machucar, é rígido, normalmente tem cinesiofobia ou medo de se movimentar.
  5. DESCONTENTE – busca resultados imediatos a qualquer custo, uma fórmula mágica. Fica insatisfeito, ansioso. Com isso, pode se lesionar e criar uma aversão ao movimento.
  6. INDISCIPLINADO – tem dificuldades em seguir as orientações, busca seguir a moda e não o que é mais adequado às suas necessidades. Pode também buscar qualquer motivo que justifique não ir para a academia, não passear com o cachorro, seja a chuva, o trânsito, a falta de tempo etc.
  7. DETERMINADO – se desmotiva caso alguém da família ou amigos não incentivem a prática da atividade física. Normalmente procura um álibi perfeito para fugir, não tem força de vontade própria.

Alguns destes sabotadores te perseguem? Se a resposta for sim, procure ressignificar suas crenças que limitam ou impedem uma verdadeira e consciente mudança comportamental.

Os resultados que você tanto deseja com a prática regular da atividade física só acontecem a médio e longo prazos. Portanto, é necessário ter regularidade em se manter ativo. E para tanto, é necessário criar um hábito. E para criar um hábito, é necessário mudar seu comportamento. E para mudar o comportamento, é necessário reprogramar a sua mente eliminando os sabotadores que afastam você de ter uma vida ativa, saudável, sem dor, sem limitação, sem remédios. Desperte o gigante adormecido que há em você!

Se não sabe por onde começar, o HealthCoaching utiliza ferramentas que podem te ajudar a criar mente e corpo saudáveis, independente da idade, do condicionamento físico, da composição corporal, das restrições físicas e das doenças. Saiba que seu corpo alcança o que sua mente acredita! A vida é movimento!

The following two tabs change content below.

Vanessa Freire

Mestre em Ciência da Motricidade Humana, personal Trainer e terapeuta holística, Vanessa Freire é Coach pela Sociedade Internacional do Mindset e especialista em neurociência, na qual desenvolve estudos sobre a conexão entre corpo e mente no intuito de ajudar as pessoas no caminho do autoconhecimento, da autoestima e de atrair para si os melhores resultados em todos os aspectos da vida.

Latest posts by Vanessa Freire (see all)

Post Author: Vanessa Freire

Mestre em Ciência da Motricidade Humana, personal Trainer e terapeuta holística, Vanessa Freire é Coach pela Sociedade Internacional do Mindset e especialista em neurociência, na qual desenvolve estudos sobre a conexão entre corpo e mente no intuito de ajudar as pessoas no caminho do autoconhecimento, da autoestima e de atrair para si os melhores resultados em todos os aspectos da vida.

7 thoughts on “DESCUBRA OS 7 TIPOS DE SABOTADORES DA ATIVIDADE FÍSICA

    Janete da Silva Corrêa

    (10 de janeiro de 2021 - 8:28 pm)

    Parabéns. Ótimo artigo

    Anônimo

    (10 de janeiro de 2021 - 2:55 pm)

    Muito bom seu artigo Vanessa saber identificar o que te bloqueia é essencial para se ter os resultados almejados parabéns!

    Dra. Luana Monteiro

    (9 de janeiro de 2021 - 11:03 pm)

    Com ctz o primeiro passo é identifica-los para saber o que te impede de começar. eu como praticante de atividade física há anos posso atestar: como faz bem e nos dá mais energia pro nosso dia a dia. E depois de criado o hábito será difiicl ficar sem. Parabéns pelo artigo Vanessa.

    Rose Mary Sá

    (9 de janeiro de 2021 - 1:55 pm)

    Adorei o artigo. Conhecer os sabotadores nos ajuda a lidar melhor com a situação. Gratidão.

    Rose Mary Sá

    (9 de janeiro de 2021 - 1:53 pm)

    Adorei o artigo. Conhecer os sabotadores nos ajuda a lidar melhor com a situação e lidar melhor com a situação. Gratidão.

    Luiz Sá

    (9 de janeiro de 2021 - 1:49 pm)

    Parabéns Vanessa.
    Verdade, o exercício físico é fundamental para conseguir um bem estar físico e orgânico.
    Por outro lado é preciso estarmos atentos com a interferência dos sabotadores.

    Lucimara

    (9 de janeiro de 2021 - 9:55 am)

    Parabéns, excelente seu artigo,trás uma reflexão muito boa

Deixe uma resposta