Como está a sua porta?

Estive pensando sobre isso e, fazendo uma autorreflexão, decidi compartilhar com vocês um questionamento que há dias não sai da minha mente: como está a minha porta? E a sua?

É necessário compreender o que existe em você que pode e deve ficar melhor, autodesenvolver-se, e quais crenças estão limitando você. É hora de se posicionar, sentir e dizer: estou aqui! E seus pensamentos, escolhas e ações devem contribuir para isso. 

Seus ouvidos, olhos, boca e seu coração são entradas importantes de emoções. É você que avalia, seleciona e permite as entradas que devem te fortalecer. Amplie sua visão e veja por um novo ângulo, se, suas portas estão abertas para o novo, para o amor, para a vida e para novas oportunidades.

Lembrando também que sua porta pode estar fechada te protegendo de todo tipo de entradas, até mesmo daquelas que nesse momento poderiam te salvar, amparar e te encorajar para que você possa se desenvolver melhor.

Acredite, você pode e deve selecionar tudo sim, se permitir mudar, se permitir acertar se permitir um novo olhar sobre si, um olhar que possa te mostrar o que vens fazendo, como estás vivendo. O que pode e deve ficar e o que é preciso abrir a porta e deixar que o vento leve, o que não lhe serve mais, não lhe pertence mais, não lhe traz mais felicidade alguma. 

São essas entradas que alinham tuas emoções, atitudes, pensamentos, paladar, sons. Deixe entrar somente o que vem para somar. Deixe os medos para trás, deixe a porta aberta, se lhe faz feliz já é seu, se lhe completa já é seu, seja um amigo, seja um amor, um trabalho… Cuide bem e também exija ser bem cuidado.

Não há necessidade de fechar a porta. E quando você sentir, que pertence a algo, pertence a alguém, pertence a um novo plano, pertence à essa nova pessoa no mesmo corpo, aos novos projetos, focando no que realmente importa para ser feliz, tenha certeza, ninguém te segura mais.

Outra situação, é a porta entreaberta. Não caia nessa, já fiquei um bom tempo ali parada, não saía ou entrava. A inércia devasta nossos sentimentos e ações. Mente e corpo em sintonias diferentes, total falta de congruência, diz que vai mudar e fica estagnada bem na porta. Sai desse desânimo! Você é muito maior que isso, essa experiência é devastadora, assusta, tira você do chão, leva tua energia e você não foca em nada, pois, fica refém dos próprios pensamentos e da falta de ação.

É preciso acordar, todos nós passamos por momentos em nossas vidas que precisam desse novo olhar, é necessário ampliar a lente, acreditar no seu potencial. Descubra onde você está, em qual porta você está.

Se fraquejou em algum momento da sua existência e percebeu que tem muitos ajustes a serem feitos, ajuste! Sem culpas, sem punições. Os sentimentos bons são o que devem te mover. Brilhe muito, você merece. Ajuste o que for necessário, é um presente estar vivo. Suba no palco principal, abra as cortinas e dê um show sempre que quiser, com determinação, amor, paixão, objetivos, foco e toda atitude necessária para você triunfar alto, muito alto, pois lá é o seu lugar. Se é um novo dia, é uma nova página, escreva e reescreva o novo capítulo, quantas vezes forem necessárias. A porta está aí, deixe ela bem aberta, vá sem medo, sem culpas, olhe para frente e saia se for preciso!

The following two tabs change content below.

Angelita Paixão

Master Coach certificada pela Sociedade Internacional do Mindset, cursou Programação Neurolinguística (PNL). Bióloga, empresária e escritora está trilhando sua transformação pessoal e focando também em ajudar o outro no seu crescimento pessoal.

Latest posts by Angelita Paixão (see all)

Post Author: Angelita Paixão

Master Coach certificada pela Sociedade Internacional do Mindset, cursou Programação Neurolinguística (PNL). Bióloga, empresária e escritora está trilhando sua transformação pessoal e focando também em ajudar o outro no seu crescimento pessoal.

Deixe uma resposta