5 Feridas emocionais da infância que você carrega até hoje e está atrapalhando a sua vida

As dificuldades emocionais que você enfrenta hoje, foram aprendidas na infância. A verdade é que todas as nossas emoções e percepções de mundo, foram construídas no início da nossa vida, sejam elas fortalecedoras ou não.

Mas se hoje, depois de adulta, você está com dificuldade de sair do lugar, tem baixa autoestima e não tem uma vida emocionalmente saudável, então, está na hora de resolver isso!

Quero te mostrar neste artigo a origem dos seus traumas, para que com essa informação, você possa mudar a sua percepção de si mesma e assim, dar o primeiro passo para viver uma renovação nas suas emoções, dia após dia.

Então, bora começar, pessoa maravilhosa?

Medo do abandono

Em primeiro lugar, vamos conversar sobre o medo do abandono. Esse medo acontece na infância. Um bebê por exemplo, quando se vê sozinho por qualquer instante ou motivo, vai desenvolver um dos maiores medos da humanidade, que é o de ser abandonado.

Essa situação piora, quando de fato, a criança por negligência dos pais, não recebe o amor e os devidos cuidados.

E quando o problema não é resolvido na infância, a dor se prolonga pela idade adulta afora, causando profundo sentimento de desamparo e de falta de apoio.

Insegurança em relação a você, dependência afetiva e baixa autoestima são as manifestações mais comuns na vida de um adulto que tem medo de ser abandonado.

Medo da rejeição

Pessoas que têm a dor da rejeição, são aquelas que se sentiram indesejadas pelos seus pais ou educadores. Esse sentimento fica maior ainda nos primeiros anos escolares em que ela também sente que não é bem vinda naquele local.

Essa dor é muito profunda e causadora de grandes danos na autoestima da criança. Um adulto com esse sentimento, é evasivo, não ousa e costuma esconder as suas qualidades e competências.

Geralmente, elas têm muito ressentimento em relação às pessoas, porque acreditam não receberem a atenção que julgam merecer.

Traição ou medo de confiar

A dor da traição acontece quando a criança sente que seus pais não cumpriram alguma promessa ou um dos pais foi embora. Ao sentir-se traída a criança desenvolve o medo de confiar nas pessoas e para se proteger, ela se torna uma pessoa controladora e de difícil convivência.

A dificuldade de se relacionar para o adulto que tem essa dor, é facilmente percebida na sua maneira de falar e de agir com as outras pessoas.

Como a sua dor emocional foi transformada em uma couraça, isso a torna uma pessoa muito arrogante e orgulhosa. Geralmente, pelo medo de confiar não pede ajuda, não mostra fragilidade, além de sentir dificuldade de tomar decisões.

A dor da humilhação

Essa é uma das dores mais incapacitantes que uma pessoa adulta pode sentir. E ela também é desenvolvida na infância. São muitos os fatores que fazem uma criança sentir-se humilhada.

Os xingamentos, a falta de paciência dos responsáveis, falta de elogio, são apenas alguns exemplos que faz com que ela cresça achando que nada do que faz presta ou é bom o suficiente.

Em geral, se sente inútil em relação ao seu papel no mundo.

A dor da Injustiça

A dor da injustiça se desenvolve em lares com muitos irmãos, ou por pais muito exigentes.

Como essa criança é tratada diferente dos outros, ela compreende que não é boa o suficiente para ninguém, o que a faz desenvolver um perfeccionismo extremo. Além de inveja e sentimento de vingança.

Um adulto com essa dor, pensa que tudo e todos estão contra ele, que ninguém se importa e que nada que ele faça vai fazer diferença ou ser reconhecido por alguém.

Como foi saber tudo isso? Se reconheceu em alguma dessas dores emocionais da infância?

Conta para mim, deixe seu comentário abaixo.

Grande abraço e até o próximo artigo.

The following two tabs change content below.

Rose Mary Sá

Master Coach certificada pela Sociedade Internacional do Mindset, Master Practitioner em Programação Neurolinguística pelo IBND, Palestrante, Escritora e Analista Comportamental pela ferramenta C-VAT. É coautora do livro Mindset Coaching e coach especialista no público feminino. Idealizadora do curso online “Segredos da Mulher Próspera – 5 Passos para Resgatar a Autoestima & se tornar Dona de Si mesma” e do programa “Mulheres Extraordinárias”. Apaixonada pelo desenvolvimento humano e em ajudar pessoas. Hoje ajuda as mulheres a despertarem todo o seu potencial.

Post Author: Rose Mary Sá

Master Coach certificada pela Sociedade Internacional do Mindset, Master Practitioner em Programação Neurolinguística pelo IBND, Palestrante, Escritora e Analista Comportamental pela ferramenta C-VAT. É coautora do livro Mindset Coaching e coach especialista no público feminino. Idealizadora do curso online “Segredos da Mulher Próspera – 5 Passos para Resgatar a Autoestima & se tornar Dona de Si mesma” e do programa “Mulheres Extraordinárias”. Apaixonada pelo desenvolvimento humano e em ajudar pessoas. Hoje ajuda as mulheres a despertarem todo o seu potencial.

1 thought on “5 Feridas emocionais da infância que você carrega até hoje e está atrapalhando a sua vida

    Lucimara

    (27 de junho de 2021 - 11:38 am)

    Parabens Rose gosto muito dos seus artigos

Deixe uma resposta