Os 4 temperamentos do comportamento humano

Um bom desempenho requer conhecimento do comportamento humano em situações de decisão e sob forte pressão.

Podemos utilizar o auxílio de recurso de caráter fisiológico — o nosso próprio temperamento —, melhorando suas boas disposições e corrigindo, os seus defeitos. Este recurso auxiliará o coach na condução do melhor caminho ao seu coachee.

O temperamento é uma característica dinâmica do ser humano, que resulta do predomínio fisiológico de um sistema orgânico (sistema nervoso, sistema sanguíneo) ou de um humor (bílis, linfa) … Portanto, o temperamento é inato no indivíduo. Por isso mesmo, ele nunca desaparece.

Classificação

A classificação foi cunhada por Hipócrates (460-377 a.C.). Segundo ele, os temperamentos fundamentais são quatro: sanguíneo, melancólico (nervoso), colérico (belicoso) e fleumático, conforme predomine a constituição fisiológica. Sendo assim:

  1. Temperamento sanguíneo: se excita fácil e fortemente por qualquer impressão. A reação pode ser também imediata e forte, mas a impressão ou duração pode ser curta.

MUITA EXCITABILIDADE E POUCA ATIVIDADE INTERNA.

O sanguíneo ante a injúria, raciocina com violência e diz expressões ofensivas; mas esquece rapidamente tudo, sem guardar rancor de ninguém. Desconhece a teimosia. Sacrifica-se com desinteresse. Seu entusiasmo é contagioso e arrebatador.

Dotado de uma exuberante riqueza afetiva, é fácil e se entregar a amizade…

A inconstância e a superficialidade do sanguíneo são próprias, em um instante passa do riso ao pranto, do gozo delirante a uma negra tristeza. Deixa-se arrastar facilmente pela gula e luxúria.

  • Temperamento melancólico: a excitabilidade do melancólico é débil e difícil ao princípio, mas forte e profunda por repetidas impressões. Quanto à duração, pode ser larga. O melancólico não esquece facilmente.

POUCA EXCITABILIDADE E MUITA ATIVIDADE INTERNA.

São naturalmente inclinados à reflexão, à solidão, ao silêncio, à piedade e vida interior. Compadecem-se das misérias do próximo, são benfeitores da humanidade.

Sua inteligência pode ser aguda e profunda. É um pensador e gosta do silêncio e da solidão. Sente atração pela arte e pela ciência. Seu coração é de uma grande riqueza sentimental. Quando ama, dificilmente se desprende de suas afeições. Sofre com a frieza ou a ingratidão. Dessa maneira, é o temperamento oposto ao sanguíneo.

O melancólico tende à tristeza. Não possui o coração na mão como o sanguíneo, mas saboreia a sós sua amargura. Sente-se inclinado ao pessimismo, ao ver sempre o lado difícil das coisas. Isto o torna retraído e tímido, propenso à desconfiança, ao desalento, à indecisão e à solidão.

  • Temperamento colérico: se excita pronta e violentamente. Raciocina num instante. Mas a impressão lhe fica na alma por muito tempo.

MUITA EXCITABILIDADE E MUITA ATIVIDADE INTERNA.

Possuem entendimento agudo, vontade forte, concentração, constância e liberalidade.

Os coléricos (ou belicosos) são apaixonados, obstinados, tenazes e voluntariosos. Práticos, desembaraçados, são mais inclinados a obrar do que a pensar. O repouso é contra sua natureza. São homens de governo. Se surgem obstáculos, esforçam-se para os superar.

Vencidos, guardam o ódio no coração até a hora da vingança. São mais pacientes do que o sanguíneo, mas compreendem menos a dor das outras pessoas.

Tais indivíduos seriam inestimáveis se soubessem dominar-se e governar suas energias. Quando controlam as energias, são tenazes e perseverantes nos caminhos do bem.

  • Temperamento fleumático: tem características essenciais com relação à excitabilidade. O fleumático não se excita nunca, ou o faz tão só debilmente. A reação é também débil, quando não chega a faltar por completo. As impressões recebidas desaparecem logo e não deixam vestígios em sua alma.

POUCA EXCITABILIDADE E POUCA ATIVIDADE INTERNA. O fleumático trabalha devagar, mas assiduamente, contanto que não se exija dele um esforço intelectual grande. Não se irrita facilmente por insultos ou fracassos. Permanece tranqüilo, sossegado, discreto e criterioso. Não conhece as paixões vivas do sanguíneo, nem as profundas do nervoso, nem as ardentes do colérico.

The following two tabs change content below.

Bernardino Santi

Coach formado pela Sociedade Internacional do Mindset, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia); Membro Titular da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte); Professor Titular de Anatomia e Fisiologia da Faculdade de Educação Física de Guarulhos; Coordenador Médico da Confederação Brasileira de Boxe e Taekwondo; DCO FIFA (Copa Libertadores,Eliminatórias e Copa Do mundo); Seleção Brasileira de Boxe no Campeonato Mundial – China ,Chicago e Milão; Seleção Brasileira de Sabre no Torneio Internacional de Beazley- 2013- Londres; Seleção Brasileira de esgrima no Campeonato Mundial de Kazan-2014; Gerente Medico nos jogos olímpicos de 2016 –Rio de Janeiro; Medico nas olimpíadas de Sidney,Atenas,Pequim,Londres e Rio De janeiro.

Latest posts by Bernardino Santi (see all)

Post Author: Bernardino Santi

Coach formado pela Sociedade Internacional do Mindset, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia); Membro Titular da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte); Professor Titular de Anatomia e Fisiologia da Faculdade de Educação Física de Guarulhos; Coordenador Médico da Confederação Brasileira de Boxe e Taekwondo; DCO FIFA (Copa Libertadores,Eliminatórias e Copa Do mundo); Seleção Brasileira de Boxe no Campeonato Mundial – China ,Chicago e Milão; Seleção Brasileira de Sabre no Torneio Internacional de Beazley- 2013- Londres; Seleção Brasileira de esgrima no Campeonato Mundial de Kazan-2014; Gerente Medico nos jogos olímpicos de 2016 –Rio de Janeiro; Medico nas olimpíadas de Sidney,Atenas,Pequim,Londres e Rio De janeiro.

Deixe uma resposta