ESTOICISMO E DESENVOLVIMENTO HUMANO

A filosofia foi fundamental para o aparecimento da visão e da atitude crítica sobre o mundo e os homens, ou seja, a atitude filosófica faz parte da vida humana uma vez que questiona sobre a existência do homem e sua interação com o Universo. Através de argumentos, a filosofia busca compreender o pensamento humano e os conhecimentos desenvolvidos pelas sociedades.

Essa ciência talvez nunca tenha estado tão atual quanto agora. A humanidade hoje vive uma situação caótica sob o ponto de vista social, moral, político e econômico, além de viver uma crise de valores sem precedentes. E foi em um ambiente muito semelhante que a filosofia estoica se destacou fortemente em Roma, sendo o ponto central do estoicismo o desenvolvimento das virtudes.

Na atualidade muito se fala em desenvolvimento humano.  Fazendo um paralelo com a filosofia estoica, isso nada mais é, do que o desenvolvimento das virtudes, que é inerente ao ser humano. Virtude tem raiz latina que remete à palavra “virtus”, que é a mesma raiz da palavra virilidade que significa força, potência, poder. Para os estoicos se tratava do poder da alma, de escolha de dominar a si mesmo e combater os “vícios e defeitos”, desempenhando um papel social como um indivíduo colaborativo e autorresponsável.

Dessa forma, o que é desenvolvimento humano senão refletir sobre o papel de cada um e aprimorar as virtudes? Conceitos atuais estudados e trabalhados sistematicamente na Programação Neurolinguistica (PNL) e no coaching, tais como tomar para si ou autorresponsabilidade, não se vitimizar, ter domínio das emoções, autoconhecimento, inteligência emocional e alta performance, nada mais são do que a busca da compreensão do comportamento humano.

A filosofia estoica tem conceitos bem interessantes, tais como: imperturbabilidade, para conhecer a própria natureza e agir com razão, é necessário se manter imperturbável; domínio das paixões, ter clareza de ideias e impor a razão; aceitação do destino, a vida como mestre que traz lição e aprendizado (o que aprender com isso?); teoria da responsabilidade, onde não se responsabilizar cria debilidade, ou vitimização, segundo eles grandes responsabilidades trazem grandes poderes. Nesse paralelo fica bem claro a semelhança do que chamamos de desenvolvimento humano hoje e os conceitos do estoicismo, fazendo com que este último se torne tão atual O princípio fundamental do estoicismo é a “firmeza diante das adversidades ao mesmo tempo que uma busca incansável da bondade de ocupar o mundo como ser humano e deixá-lo melhor do que o encontrou”, talvez esse seja o grande desafio da humanidade e provavelmente devido a esse desafio, o homem contemporâneo esteja tão voltado para a busca do seu autoconhecimento. E assim como esse princípio, o estoicismo traz características, fases e objetivos bastante curiosos e até mesmo “modernos”, sendo pertinente sempre fazer uma analogia entre a busca pelo desenvolvimento humano hoje e o que pensavam e defendiam os mestres da filosofia.

The following two tabs change content below.

Josie Chiavegatto

Coach pela Sociedade Internacional do Mindset, Professional & Self Coaching certificada pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL), Certificação em Leader Training, Certificação em Inteligência Emocional, Certificação em Mentalidade de Alta Performance, Palestrante e Educadora na área de Ciências Humanas. Uma apaixonada pelo conhecimento e pelo desenvolvimento humano.

Latest posts by Josie Chiavegatto (see all)

Post Author: Josie Chiavegatto

Coach pela Sociedade Internacional do Mindset, Professional & Self Coaching certificada pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL), Certificação em Leader Training, Certificação em Inteligência Emocional, Certificação em Mentalidade de Alta Performance, Palestrante e Educadora na área de Ciências Humanas. Uma apaixonada pelo conhecimento e pelo desenvolvimento humano.

1 thought on “ESTOICISMO E DESENVOLVIMENTO HUMANO

    Alexsandro

    (10 de julho de 2020 - 8:21 pm)

    Um belo convite e oportunidade para refletirmos e reavaliarmos sobre esse tema tão atemporal que é a filosofia estóica. Exatamente nesse momento muito oportuno de ‘mudanças loucas’ que eu imagino que muitos de nós estamos passando atualmente.

    Parabéns Josie!!!

Deixe uma resposta