A Força do Atleta

Talvez algumas pessoas pensem que a maior força do atleta seja a física, mas não, a mental é sua maior força. O físico é um resultado dos treinos, mas levantar da cama colocar a roupa de treino e fazer o treino completo, só é possível com dedicação e força de vontade, isso está dentro da cabeça de cada um.

Pessoas muito competitivas têm grandes chances de ser bem sucedidas em qualquer área da vida. O atleta por sua vez odeia perder e, quando perde, usa essa raiva para treinar mais forte e se dedicar ainda mais para ser um campeão. Ao contrário da maioria das pessoas que, quando algo dá errado já pensam: “isso não é para mim” ou frases como: “eu não nasci para isso”. São pensamentos como esses que fazem as pessoas desistirem dos seus sonhos.

Ninguém nasce pronto, existe um caminho a ser trilhado. No documentário “The Last Dance”, de Michael Jordan – um dos maiores atletas da história do basquete e talvez de todos os esportes – o atleta afirmou que se dizia muito competitivo. Ele odiava perder e quando era desafiado, sua determinação crescia ainda mais. Mas nem sempre ele foi o melhor, quando jovem foi cortado da seleção de basquete do colegial. Jordan ficou arrasado e foi chorar para sua mãe, que lhe disse: “se quer vencer essa dor, treine duro no verão”. Assim ele fez, treinou o verão todo e conseguiu entrar no time.

Talvez a maior virtude de um atleta de ponta é transformar dor, raiva, ódio em motivação para ação. Os nossos sentimentos não determinam quem somos, são nossas atitudes, é isso que determina o nosso futuro. Eu posso ter um sentimento de raiva, pegar uma arma e dar um tiro em alguém. Como posso ter um sentimento de raiva, pegar um livro e estudar ele inteiro para passar em uma prova de vestibular, basta escolher para onde eu vou direcionar minha raiva.

Um sentimento é apenas um sentimento. O que eu vou fazer com aquele sentimento, é o que importa de verdade. Eles não podem ser controlados, pois, a única coisa que podemos controlar são nossas ações e nossas atitudes. A maioria das pessoas pensam que sentimentos de raiva ou de ódio, são sentimentos ruins e que fazem mal para corpo, mas se usados de forma correta, é possível ter ótimos resultados.

O atleta de alto nível sabe usar muito bem esses sentimentos “negativos” no treino e durante a partida. Ele descarrega todas as suas emoções em um único ponto, um único objetivo para ser campeão na sua modalidade. Para ter a força de um atleta é preciso direcionar toda sua atenção para um único ponto, usar todos os sentimentos a favor de um único objetivo. Se queremos vencer na vida pessoal, profissional, financeira, ou qualquer outra área da vida; é preciso fazer a mesma coisa de forma constante e ir aprimorando um pouquinho a cada dia. Ninguém chega ao sucesso do dia para a noite, são horas de dedicação, treino e foco no mesmo objetivo.

The following two tabs change content below.

Robson Orloski

Coach certificado pela Sociedade Internacional do Mindset, Especialista em Emagrecimento Definitivo e Programação Neurolinguística (PNL) aplicada ao Coaching.

Latest posts by Robson Orloski (see all)

Post Author: Robson Orloski

Coach certificado pela Sociedade Internacional do Mindset, Especialista em Emagrecimento Definitivo e Programação Neurolinguística (PNL) aplicada ao Coaching.

Deixe uma resposta