Seja como uma águia

A vida é recheada de altos e baixos, momentos bons e outros nem tanto, não é mesmo?

Acredito que tudo depende das escolhas que fazemos, os acertos geralmente nos deixam felizes e realizados momentaneamente, porém, quase nunca aprendemos com tais situações, elas não nos deixam enxergar quem são as pessoas que realmente nos querem bem, que estão ali verdadeiramente vibrando pela nossa vitória,  poucas são as pessoas que realmente ficam felizes com a felicidade alheia.

Já com os erros, facilmente encontramos aqueles que nos acusam, nos criticam, que felizmente mostram a verdadeira face, contudo é com os erros que aprendemos a lidar com muitas situações.

Geralmente com os erros, vem as acusações, os julgamentos, a autocrítica, o medo, as decepções. Estes são sentimentos que nos tiram o conforto. Pensamos coisas do tipo: “Isso tudo é ruim?”, “É passando por tudo isso que posso crescer?”, “Será que esses erros foram tão ruins assim?” e “Por que agiram desta forma comigo?”.

NÃO erramos porque queremos errar, quando erramos foi com a intenção de acertar e de fazer o melhor! Então, faço uma pergunta a você, que tal se imaginar como uma águia? Você deve se questionar, “para que serve isso?”. Respondo, isso serve para que diante de qualquer situação, você possa ter um ponto de vista diferente! Com isso, será capaz de  observar onde errou, o que é capaz de consertar, como não cometer os mesmos erros e que aprendizado levará como exemplo para a sua vida e a vida das demais pessoas.

A águia quando está em alguma situação onde se sente ameaçada, não se dá por vencida. Quando o corvo a ataca pelas costas querendo lhe fazer mal, ela simplesmente não tenta se defender no território que não é o ambiente dela. O que acontece, é que ela começa a voar para o alto, até que o corvo perca a respiração por conta da altura e a pressão do ar, então ele cai. Quanto a ela? Segue em frente.

O que quero dizer com tudo isso é que na nossa vida há momentos que temos que parar, respirar e literalmente voar o mais alto que conseguimos! Fazendo isso, conseguiremos analisar profundamente cada situação.

Sugiro a você, leitor, três coisas: que não tome atitudes quando estiver com ódio; não prometa nada quando estiver feliz e por último e mais importante, não crie expectativas sobre as pessoas, sendo elas próximas ou não ( família, amigos, parentes etc.). Sendo assim, voe como  águia, não aja no ápice das emoções, sejam elas boas ou ruins. Não crie nenhuma expectativa sobre as outras pessoas, assim, conseguirá visualizar onde estão os seus erros e de que forma pode consertá-los. Não olhe para trás com o sentimento de que sempre fez as escolhas erradas, pois só não erra quem fica parado esperando o milagre acontecer, ou como diz o ditado popular “esperando cair do céu”. Aprenda com filósofo, Mário Sergio Cortella: “VACA NÃO DÁ LEITE”. O que quero dizer com tantas comparações ou citações, é que independente das situações vividas, tudo que passamos tem um motivo e um porquê, seja grato de coração por tudo e lembre-se: movimente-se rumo a sua melhor versão.

The following two tabs change content below.

Fernanda Salsa

Coach da Sociedade Internacional do Mindset, Fernanda Salsa, tem 41 anos, 2 filhos e é Graduada em Administração de Empresas, está sempre em busca de melhorar sua vida e das pessoas a sua volta, tem como objetivo ajudar na mudança de Mindset. “Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível.”

Latest posts by Fernanda Salsa (see all)

Post Author: Fernanda Salsa

Coach da Sociedade Internacional do Mindset, Fernanda Salsa, tem 41 anos, 2 filhos e é Graduada em Administração de Empresas, está sempre em busca de melhorar sua vida e das pessoas a sua volta, tem como objetivo ajudar na mudança de Mindset. “Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível.”

Deixe uma resposta